quinta-feira, 14 de julho de 2011

Vossa Excelência


http://g1.globo.com/Noticias/Politica/foto/0,,14325474,00.jpg

Bom dia pra você, bom dia pra mim, todo mundo quer ser educado, mas ninguém pergunta pra onde ir. Todos de terno, cargo alto, todos na moda, meninas de salto. Todos no aperto, todos sem dinheiro, eles tem esperança, mas não tem emprego. Corre um menino, nos pés está escorrendo, corre a menina, com o rosto doendo. Tudo é tão estranho para mim, mas você nada de ajuda, mas quando chega no fim, você diz que é normal ser assim.
Você me diz que é errado, todos dizem que não posso, na bíblia diz que é pecado, mas você também faz isso senhor deputado. Me desculpa se eu falei demais, me desculpa se eu sou simples demais, me desculpa por pedir desculpa, mas se eu peço, a culpa é sua. Mas ninguém se importa mesmo, todo mundo ignora o medo, todo mundo chora quando morre, todo mundo presta atenção quando você corre. Ninguém faz nada, ninguém vai atrás, ninguém te segura, ninguém tem autoridade.
Agora todo mundo chora, foram enganados, foram roubados, foram jogados, foram desvalorizados. Peça perdão a Deus, diga que nada é teu, por que essa é a verdade, nada é teu, e você sorri e aperta a minha mão me enganando novamente.



Estão nas mangas, dos Senhores Ministros, nas capas
Dos Senhores Magistrados, Nas golas, Dos Senhores Deputados (♪)
Vossa Excelência - Titãs

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Uma música que é de lei para o dia de hoje

1° de Julho

Legião Urbana

Composição: Renato Russo

Eu vejo que aprendi
O quanto te ensinei
E é nos teus braços que ele vai saber
Não há por que voltar
Não penso em te seguir
Não quero mais a tua insensatez
O que fazes sem pensar aprendeste do olhar
E das palavras que guardei pra ti

Não penso em me vingar
Não sou assim
A tua insegurança era por mim
Não basta o compromisso,
Vale mais o coração
Já que não me entendes, não me julgues
Não me tentes
O que sabes fazer agora
Veio tudo de nossas horas
Eu não minto, eu não sou assim

Ninguém sabia e ninguém viu
Que eu estava a teu lado então
Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
Minha mãe e minha filha,
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha e não de quem quiser
Sou Deus, tua Deusa, meu amor

Alguma coisa aconteceu
Do ventre nasce um novo coração

Não penso em me vingar (nã nã nã não)
Não sou assim
A tua insegurança era por mim
Não basta o compromisso
Vale mais o coração
Ninguém sabia e ninguém viu
Que eu estava ao teu lado então

Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
Sou minha mãe e minha filha,
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha e não de quem quiser
Sou Deus, tua deusa, meu amor

Baby, baby, baby, baby
Yeah!

O que fazes por sonhar
É o mundo que virá, pra ti.. para mim...

Vamos descobrir o mundo juntos, baby
Quero aprender com o teu pequeno grande coração
Meu amor, meu amor...
Baby...

----------------------------------------------------------------------
Essa música foi composta em 1994 por Renato para Cássia Eller. Depois que a cantora gravou a canção, a Legião a lançou no disco A Tempestade. Além de compor a letra, Renato fez a música também.
_______________
Também tinha um comentário adicional, só que eu preferi não colocar, por que eu não lembro, eu só sei que ela falou sobre a composição uma vez.